Como-começar-um-negocio-de-fotografia-1-copy

Muitas pessoas me procuram perguntando como começar um negócio de fotografia mas a  pergunta correta seria: como começar um negócio de fotografia lucrativo que me permita, em um curto espaço de tempo, viver desse trabalho.

Se você também tem essa dúvida, continue lendo este artigo pois ele servirá como um guia que vai lhe mostrar os passos necessários para transformar o seu hobby em profissão.

Veja quais são as 10 etapas que você precisa seguir para ter o seu negócio funcionando e  dando lucro:

  • Aprenda o Básico
  • Escolha a Sua Área de Atuação
  • Especialize-se
  • Compre o Equipamento Básico
  • Monte Seu Portfólio
  • Aprenda Marketing e Venda (e Planeje Seu Marketing)
  • Crie Seu Site
  • Trabalhe Para Um Fotógrafo Mais Experiente
  • Consiga Seus Primeiros Clientes
  • Formalize Seu Negócio

 

Agora que você já sabe quais são os 10 passos necessários para começar a trabalhar profissionalmente com fotografia vamos ver cada um deles detalhadamente.

 

Aprenda o básico

 

Você não pode começar a trabalhar profissionalmente sem dominar os conhecimentos básicos da fotografia como, abertura, velocidade, ISO, foco, modo manual, iluminação, pose, tratamento de imagem, etc.

Se durante um ensaio ou um evento, você não tiver totalmente seguro para fazer os ajustes necessários em seus equipamentos, o seu cliente vai perceber e a qualidade do seu trabalho vai ser vai ser comprometida.

Você pode adquirir esse conhecimento em escolas de fotografia, presencialmente ou através de EAD (ensino à distância através da internet).

O curso que eu indico para quem precisa dominar os fundamentos da fotografia mas não quer ou não pode investir um valor muito alto é o Introdução à Fotografia Digital.

Você também pode encontrar uma variedade de cursos ministrados por renomados fotógrafos no site da Photos TV.

Uma outra alternativa é aprender através de livros, revistas e vídeos. Existe muito material de alta qualidade disponível na internet, tanto pago como gratuito.

Veja esse vídeo, é um ótimo exemplo:

 

Lembre-se que a profissão de fotógrafo não é regulamentada por lei. Sendo assim, não é necessário ter um diploma para começar o seu negócio de fotografia.

 

Escolha a sua área de atuação

 

Você precisa decidir o quanto antes em que área pretende atuar – casamento, gestante, família, 15 anos, pet, etc. Essa decisão vai te poupar tempo, dinheiro e te posicionar no mercado como um especialista.

Para decidir você precisa levar em conta duas coisas principais:

  • Qual o ramo ou nicho dentro da fotografia que você mais gosta de fazer;
  • Se existe mercado para esse tipo de fotografia na região onde você pretende trabalhar.

Mas antes de tomar essa decisão você deve experimentar fotografar diversos assuntos e também conversar com outros fotógrafos para entender melhor o mercado.

Depois de escolhido o seu nicho você já pode começar a sua especialização.

 

Especialize-se

 

Vamos dizer que você escolheu especializar-se em fotografia Newborn.

Você vai precisar saber muito sobre iluminação, poses, cuidados especiais com o bebê e os pais, edição de fotos etc.

Comece então a comprar livros, fazer workshops e cursos online ou quem sabe até entrar numa escola de fotografia para fazer um curso apenas sobre Newborn.

Procure associações ligadas ao seu nicho, como neste exemplo, a ABFRN (Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém Nascidos). Nelas você encontra muitas informações sobre o mercado, cursos e também conhece o trabalho de muitos profissionais.

 

Como-começar-um-negocio-de-fotografia-equipamento-copyCompre o equipamento básico

 

Como-começar-um-negocio-de-fotografia-equipamento-copy

 

Sabendo qual é o seu nicho de mercado fica muito mais fácil adquirir apenas o equipamento necessário para começar.

Não vou te recomendar nenhuma lista de equipamentos porque isso varia muito de acordo com a área que você escolher. Mas você pode assistir a esse vídeo do canal Dupla Exposição para pegar algumas dicas muito úteis:

 

Na hora de decidir o que comprar leve em conta que você vai ficar com uma câmera, em média, por 5 anos. Sendo assim, dê preferência para suas lentes.

É melhor comprar uma câmera considerada amadora com uma lente profissional do que o contrário. A lente, se for bem cuidada, pode durar a vida toda. Sem falar que a diferença de qualidade das imagens produzidas por uma lente profissional e uma amadora é enorme.

 

Monte seu portfólio

 

Como-começar-um-negocio-de-fotografia-Topo-copy

 

Não fique só na teoria.

Ao pensar em como começar um negócio de fotografia uma de suas prioridades será possuir um portfólio para mostrar para os seus primeiros clientes.

Comece a montar o seu portfólio convidando amigos, familiares ou vizinhos para fazerem um ensaio gratuito ou por um valor especial.

Explique que você está começando e precisa adquirir experiência.

No meu caso, eu só fiz ensaios gratuitos para parentes muito próximos. Para as demais pessoas eu cobrei um valor mais baixo.

É aconselhável fazer isso porque fica mais fácil cobrar o valor normal dessas mesmas pessoas quando você já tiver mais experiência.

 

Aprenda marketing e venda

 

Você pode ser um fotógrafo muito talentoso mas se não souber vender o seu trabalho, você morre de fome.

Você precisa aprender como atrair os clientes certos para o seu negócio e como vender os seus produtos para eles.

Note que eu não disse vender serviços, eu disse vender produtos. Nós fotógrafos somos artistas e vendemos o produto de nossa arte (álbuns, retratos, etc.).

Você já viu um pintor famoso (de telas, não de parede) vendendo serviço de pintura? Já viu um pintor digitalizando o seu trabalho e colocando num pendrive para vender?

Tenho certeza que não. Ele vende telas pintadas para decorar o ambiente de seus clientes.

 

Crie seu site

 

Depois de mais de 20 anos do surgimento da internet não é necessário muita explicação para justificar a necessidade de se ter um site para o seu negócio.

Hoje, quando alguém precisa de um serviço ou produto, o primeiro lugar que ele pesquisa é na internet. Portanto você precisa estar lá para ser encontrado.

Ter o seu próprio site também transmite uma melhor impressão de profissionalismo para as pessoas que te encontram.

Infelizmente, muitos fotógrafos iniciantes pensam que divulgar o seu trabalho apenas numa fanpage do Facebook é o suficiente para ter sucesso.

Ter o Facebook como base do seu negócio é como morar de favor na casa de um conhecido. A qualquer momento ele pode vender essa casa ou simplesmente te botar na rua sem muita explicação. Afinal a casa é dele e ele faz o que achar melhor.

Trabalhe para um fotógrafo mais experiente

 

Como-começar-um-negocio-de-fotografia-lente

 

Fazer um estágio ou até mesmo trabalhar sem nenhuma remuneração financeira pode lhe dar a experiência que você só obteria depois de muitos anos trabalhando sozinho.

Grande parte dos fotógrafos de casamento que hoje são famosos, começou sua carreira trabalhando para outros fotógrafos.Como-começar-um-negocio-de-fotografia-lente

 

Consiga seus primeiros clientes

 

Antes de conseguir seus primeiros clientes você precisa saber quem é a pessoa ideal que você deseja ter como cliente.

Isso você vai aprender ao estudar mais sobre marketing para fotógrafos.

Depois que você determinar quem é essa pessoa, todas as suas ações de marketing terão o objetivo de atrair pessoas semelhantes a ela.

Para isso você pode utilizar o marketing tradicional (parcerias, exposições, promoções, propaganda boca a boca, programa de indicações, etc.) ou o marketing digital, que utiliza recursos da internet como redes sociais, e-mail, site/blog etc.

 

Formalize seu negócio

 

Para legalizar o seu negócio e receber diversas vantagens que o Governo Federal oferece, o primeiro passo é acessar o site Portal do Empreendedor e verificar se você se encaixa na situação de Micro Empreendedor Individual (MEI).

Se for esse o seu caso, basta fazer o cadastro através do site sem nenhum custo.

Caso não se encaixe, procure um contador de sua confiança para lhe orientar sobre qual o melhor regime fiscal para o seu caso e como legalizar a sua empresa.

 

Gostou deste artigo? Então por favor, me ajude a espalhar conhecimento compartilhando esse texto com seus amigos fotógrafos nas redes sociais. Eles também vão te agradecer.

 

Conclusão

 

Começar um negócio de fotografia da maneira correta não é nada fácil.

Mas se você tiver certeza que é isso mesmo que quer para a sua vida e agir com muita determinação, sem jamais desistir durante as muitas dificuldades que irá enfrentar, eu garanto que o seu sucesso será inevitável.

Portanto, agora você que você já tem um roteiro para começar o seu negócio de fotografia é só colocar em prática seguindo a ordem exata em que ele foi apresentado neste artigo.

Antes de largar o seu emprego atual, trabalhe paralelamente com a fotografia até o momento em que os rendimentos sejam equivalentes ou que ela esteja te dando os rendimentos suficientes para você se manter.

Melhor ainda se puder guardar uma boa reserva de dinheiro para os momentos difíceis.

Ficou com alguma dúvida ou quer fazer um comentário sobre esse assunto, basta escrever logo abaixo e eu te respondo rapidamente com um sorriso nos olhos.

Quer aprender como despertar no seu cliente uma enorme vontade de comprar os seus produtos? 

Botao-Continue-Lendo